Pingsao e a Caça às baleias

Folha Online - Ciência - Japão sofre derrota ao tentar alterar restrições de caça às baleias - 21/06/2005

Eu estava muito bem descansando na minha praia gelada quando Mackenzie me contou mais essa. E fiquei feliz mais uma vez!

É que dessa vez as minhas amigas baleias continuarão tendo oportunidade de nadar livremente pelo oceano sem tanta preocupação. O Japão, que só sei onde é poorque Mackenzie me falou, é um dos países que mais matam baleis no mundo.

Olha, não que eu tenha nada contra particularmente a matança de baleias (até mesmo porque existem algums baleias que comem pingüins), mas o problema é a matança indiscriminada de baleias.

De acordo coma reportagem, hoje o Japão tem permissão de matar 400 baleias Minke por ano. Eles queriam que a cota subisse para 850 com as mudanças que propuseram para alterar a legislação. Eles alegaram que precisam de mais baleias para poderem estudá-las, além de ser tradição do local comer carne de baleia.

Felizmente as alterações não foram acatadas, dificultando assim a caçada às irmãs baleias. Em 1986, quando a lei foi votada e entrou em vigor, havia uma séria preocupação com relação à sua extinção.

Ainda bem que os pingüins são mais educados que os homens e só caçam mesmo por fome e não por ganância e dinheiro.

Ah, essa aí abaixo é uma baleia Minke. Mackenzie me falou que essa espécie aparece às vezes aí pelo Brasil.

Comentários

Postagens mais visitadas