Viver



Vivre
(Luc Plamondon &
Richard Cocciante)


La nuit est si belle
Et je suis si seule
Je n'ai pas envie de mourir
Je veux encore chanter
Danser et rire

Je ne veux pas mourir
Mourir
Avant d'avoir aimé

Vivre
Pour celui qu'on aime
Aimer
Plus que l'amour même
Donner
Sans rien attendre en retour

Libre
De choisir sa vie
Sans un anathème
Sans un interdit

Libre
Sans Dieu ni patrie
Avec pour seul baptême
Celui de l'eau de pluie

Vivre
Pour celui qu'on aime
Aimer
Plus que l'amour même
Donner
Sans rien attendre en retour

Ces deux mondes qui nous séparent
Un jours seront-ils réunis
Oh je voudrais tellement y croire
Même s'il me faut donner
ma vie
Donner ma vie
Pour changer l'histoire

Vivre
Pour celui qu'on aime
Aimer
Plus que l'amour même
Donner
Sans rien attendre en retour

Aimer
Comme la nuit aime le jour
Aimer
Jusqu'à en mourir d'amour
Jusqu'à en mourir d'amour

Chanté par Hélène Ségara
Viver
(Luc Plamondon &
Richard Cocciante)


A noite é tão bela
E eu estou tão só
Eu não tenho vontade de morrer
Eu quero mesmo é cantar
Rir e dançar

Eu não quero morrer
Morrer
Antes de ter amado

Viver
Por aquele que amamos
Amar
Mais que o próprio amor
Dar
Sem nada esperar em troca

Livre
Para escolher sua vida
Sem condenação
Sem obstáculo

Livre
Sem Deus nem pátria
Que para ser batizado
Teve apenas a água da chuva

Viver
Por aquele que amamos
Amar
Mais que o próprio amor
Dar
Sem esperar nada em troca

Estes dois mundos que nos separam
Um dia serão reunidos
Oh, eu queria tanto crer nisso
Mesmo que isso me custasse a vida
Me custasse a vida
Para mudar a história

Viver
Por aquele que amamos
Amar
Mais que o próprio amor
Dar
Sem esperar nada em troca

Amar
Como a noite ama o dia
Amar
Até morrer de amor
Até morrer de amor

Adaptado por Mackenzie Melo

Existem músicas de amor. E existem músicas de Amor.

Esta música dedico a minha mãe e a meu irmão Hendrick. Ela é linda cantada. Como eles dois também o são.

Comentários

Eliza disse…
Oi Mackenzie, adorei a letra dessa música, muito lindo, reencontros são sempre emocionantes...

Pos uma crônica minha no meu blogger, espero que goste, e comente também...

Bom dia para vc
Beijos
Li
Anônimo disse…
Filho lindo, que bela adaptação.
Fiquei a imaginar como seria cantada.Deve arrepiar.
Grata pela dedicatoria.
Amo você bem muitão.
beijos .Mainha
Anônimo disse…
mackenzie.sabe o que parece essa vigem de hendrick e vc ai?
esta musica pode fazer parte do quebra-cabeça.
"Numa cidade exista uma mãe e do outro lado um filho ha muito tempo.
Outro foi e outro voltou.como ficou a historia.rsrsrs" entende?
monta um quebra cabeça.com filhos, saudade, casamento etc.

beijos Mainha
Nalinha disse…
Hoje eu vim vem rapido apenas desejar um feliz dia do amigo.
Amo vc.
Beijos

Postagens mais visitadas deste blog

Chá de camomila é bom para dor de cabeça e algumas outras doenças

Michelangelo, arte e aprendizado

Há dias e há dias