Fermat e a Estagnação

Pierre de Fermat"E talvez, a posteridade me agradecerá por tê-la mostrado que os antigos não sabiam de tudo."
Pierre de Fermat (1601 - 1665)

No final do século XIX, por volta do ano 1899, um homem, que eu prefiro não saber quem foi, disse a seguinte frase: "Hoje eu posso afirmar que tudo que o homem poderia saber ele já o sabe. Nada mais há que ser descoberto."

Esta frase foi considerada, em uma pesquisa que vi um tempo atrás, como sendo uma das frases mais fora de propósito já ditas por qualquer ser humano no mundo em todos os tempos, passado presente ou futuro.

Pierre de Fermat, que hoje estaria fazendo aniversário, foi um matemático francês excepcional. Muitos o consideram como matemático tão ou até mais importante que Sir Isaac Newton. Só que como várias coisas em nossa vida, acabamos esquecendo e não dando importância a determinadas passagens que nos são essenciais. Assim, ele acabou ficando mais restrito aos altos círculos dos grandes matemáticos.

Apesar de ter desenvolvido inúmeros teoremas hoje fundamentais na matemática, ele ficou mais conhecido, por ter criado um enigma que levou mais de 300 anos para ser solucionado. Fermat afirmou que a equação xn+yn=zn só é verdade para n a partir de 3, sendo x, y e z números inteiros. Apenas em 1995 a prova de que isso era verdade foi publicada em um livro. E ele já sabia disso há mais de 300 anos...

Entretanto, como ele mesmo disse que a posteridade iria lhe agradecer por ter provado que os antigos não sabiam de tudo, hoje ainda podemos dizer que os antigos não sabiam de tudo.

Continuemos nos apoiando sobre os ombros de gigantes como ele, que nos deu boas e firmes fundações, mas não fiquemos presos a olhar para o chão.

Pisemos firmes em seus ombros, nos equilibremos e olhemos para o alto, para as estrelas - e também, de vez em quando, para dentro de nós mesmos.

Comentários

Eskuinkla disse…
Como siempre Mack! aprendo algo en tu blog, no saía ni de la eistencia de este señor, pero muchas gracias por compartir este cultural post !

Postagens mais visitadas deste blog

Chá de camomila é bom para dor de cabeça e algumas outras doenças

Michelangelo, arte e aprendizado

Duas Flores