Parece Fábula

Owen & Mzee

No primeiro filme O Parque dos Dinossauros, um cientista diz uma frase que, para mim, representa muito do que acredito sobre a vida. Eles estão discutindo sobre o possível perigo que representa criar dinossauros que a própria natureza se encarregou de extinguir. Então um dos criadores diz que ele não se preocupa com isso pois na ilha onde os "bichões" estão sendo criados, existem apenas fêmeas, ou seja, que não pode haver reprodução. O cientista então diz (como não sei a frase exata, vou parafrasear). "Quando a natureza não tem meios, ela encontra o meio para realizar o que ela precisa. A vida sempre encontra um meio de sobreviver, de continuar".

Depois do tsunami que arrasou a costa da Tailândia no ano passado, muitas histórias de perdas de vidas nós ouvimos ou lemos. Também lemos e soubemos de muitas outras onde a vida achou seu caminho para continuar, para prosseguir. É o caso do bebê hipopótamo (1 ano de idade) e da vovó tartaruga (130 anos de idade) na foto acima.

Depois de ter atingido também a costa africana, no Zaire, o tsunami causou alguma destruição neste país també. É de lá a história muito interessante desses dois companheiros improváveis, mas totalmente real.

Após perder sua família inteira levada pelas ondas gigantescas, o bebê hipopótamo foi encontrado quase morrendo, mas ainda lutando por sua vida. Várias pessoas, carros, barcos, cordas, etc, foram usados para tentar salvá-lo e finalmente um homem de nome Owen foi quem conseguiu finalmente capturá-lo para evitar sua morte. A população que estava assistindo o resgate decidiu que o nome do "bichinho" deveria ser o mesmo do do seu salvador. Assim, o hipo bebê tem hoje o nome de Owen.

Apesar de ter sido salvo, o hipopótamo parecia não estar gostando muito da situação. Então os responsáveis decidiram levá-lo para um parque de nome Haller Park. Assim que foi solto por lá, o hipo correu instintivamente para o lado de Mzee, a tartaruga de 130 anos, como se ele faria com a sua mãe. A tartaruga rapidamente aceitou o novo "filhote" e até o dia da reportagem (17/07/05) eles ainda estavam juntos, gostando da companhia um do outro e onde um vai o outro vai atrás.

Naturalmente o hipopótamo vai precisar de um local maior e provavelmente será transferido para perto dos de sua espécie em breve. Entretanto, e mais uma vez, vemos as grandes lições de "humanidade" que a natureza nos ensina todo o tempo.

É, a natureza sempre encontra o caminho. Infelizmente nós humanos parecemos querer sempre ir no sentido contrário... Para pensar: Estamos andando na mão ou na contra-mão da natureza?

Um beijo fabuloso, mas real, em todos vocês.

Para saber mais
Owen & Mzee (inglês)

Comentários

Anônimo disse…
Realmente nunca sabemos se o nosso rumo é certo.......serah que a nossa bussula anda quebrada sempre ou nossos olhos andam enbaçados com o tempo??...olhemos com o coração que acho seja o mais certo. caminhemos sempre em busca da Luz Mãe
beijos te amo
Wecsley disse…
Grande Mackenzie.
É sempre uma satisfação recebê-lo em meu cybermundinho. Quanto ao Cordel, ele é do José de Lira paes (O Lirinha) é um maluco com minha idade lá de Arco Verde-PE e ainda namora com Leadra Leal ele integra e é um dos responsáveis pelo Cordel do Fogo Encantado um dos novos a ocupar o cenário musical que o Pernambuco vem sofrendo, coisas que vem chocando a Europa toda. E o brasil quase nem sabe da existência. como diria João Bosco: Isso é o meu Brasil... mas é isso. conheça o Site Deles: www.cordeldofogoencantado.com.br

Abraços, Amogo!

Wecsley
Allena Nalinha disse…
Olá amado.
Tentei vim ontem.. mas tava só dando erro pra mim.
Mas estou aqui hoje.
Adorei essa maternidade da tartaruga.
Agente bem q poderia ser mais assim.
Mas hoje eu disse: deveriasmo ser mais como as crianças.
Simples e não guardam mágoa.
São felizes independentes de cor, raça e muito mais.
Vc sabe que acredito em muito de tudo.
Hoje é dia de São Cosme e São Damião.. onde as pessoas compram balas e presenteiam as crianças.
Então que vc tenh um dia doce como as balas e que continue sendo a criança que vc sempre foi.
te amo.
Beijos

Postagens mais visitadas