Gelo e neve no Kilimanjaro

Monte Kilimanjaro
(fotos em 1993 e 2000)


Terminei de ler faz alguns minutos o conto de Ernest Hemingway "The Snows of the Kilimanjaro" escrito e publicado por volta de 1938. O título em português desse conto é "As neves do Kilimanjaro" para quem quiser depois desfrutar de um belo pedaço de literatura universal.

Não vou falar agora sobre o conto, mas gostaria de fazer uma chamada à nossa consciência.

As duas fotos do início do post são do monte Kilimanjaro de que ele fala no conto. O monte fica na fronteira da Tanzânia com o Kênia e hoje, por causa do aquecimento global, já não mais ostenta as mesmas neves que Hemingway viu quando escreveu o conto. Na verdade, podemos ver uma grande diferença em apenas sete anos (1993 e 2000) quando as fotos acima foram tiradas pelos satélites da NASA. A foto ao lado é uma visão mais do ponto de vista de quem está perto e provavelmente é como o autor viu o monte quando por lá esteve (foto tirada em 1995).

O quanto nós sabemos sobre o aquecimento global? O que temos feito a respeito? Será que a gente pode fazer algo? Se sim, o que?

Não é uma tarefa fácil responder essas questões, mas se pelo menos tentarmos - e com tentarmos digo, nos informarmos, conhecer um pouco mais o problema e falarmos sobre ele - creio que podemos ajudar futuros montes a morrerem de velhice e não por problemas de descuido nosso com nós mesmos e, em larga escala, com a natureza.

Um beijo verde e branco em todos.


Comentários

Anônimo disse…
olá filho querido
esta semana vi uma reportagem sobre esse assunto.
não demora muito e o gelo acaba de verdade.....
É uma pena..
a nossa amazonia dia a dia vai indo tambem.
beijos
te amo
Rosa disse…
Como sempre, palavras muito pertinentes. bjo!!!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Chá de camomila é bom para dor de cabeça e algumas outras doenças

Michelangelo, arte e aprendizado

Duas Flores