Lógica

"Penguins são em preto e branco.
Alguns shows de TV antigos são em preto e branco.
Logo, alguns pinguins são antigos shows de tv."


A lógica do pinguim é fantástica :D. Muitos poderão até reclamar e dizer que não tem lógica pensar assim, mas eu discordo. E vou explicar o porquê com uma pequena historieta que sempre que posso compartilho.

Conta-se que uma pessoa estava, à noite, abaixada perto de um poste aceso, procurando algo. Então chega uma outra pessoa e pergunta o que está acontecendo.
- Estou procurando minha carteira.
- Eu posso lhe ajudar? - perguntou a pessoa.
- Claro, ficaria muito agradecido.
E então continuaram a procurar. Mas nada de encontrar. Então a pessoa que estava ajudando pergunta:
- Você tem certeza que perdeu sua carteira aqui mesmo? Pois já estamos procurando há muito tempo e nada de acharmos.
O outro então lhe respondeu:
- Não, eu não perdi aqui. Perdi mais ali pra trás. Mas decidi vir procurar aqui pois aqui está mais claro.

Será que não é assim que temos usado de lógica em nossas vidas? Sabemos que muitas vezes a causa dos nossos problemas somos nós mesmos, mas quase sempre colocamos a culpa do que nos acontece nas outras pessoas. Por que será que isso acontece? Que lógica estamos usando em nossa vida? Não será que se parece um pouco com a historieta acima ou com a lógica do pingüim?

Tenho percebido que coisas muito simples no mundo físico que percebemos facilmente como imprecisas, inexatas, para não dizer erradas, quando transportamos para o nosso mundo íntimo não conseguimos facilmente perceber que estamos incorrendo em "erros".

Por exemplo, todos sabemos que se plantarmos sementes de girassol o que vai nascer será girassol. Podem até não nascer, mas se nascerem serão girassol. Aí eu me pergunto, se sabemos disso porque é que continuamos plantando ervas daninhas e queremos que nasçam lindas flores perfumadas? Aí, depois de plantarmos o joio, para separar do trigo, vem o sofrimento, pois temos que arrancar tudo podermos indentificar quem é quem.

Na vida real e íntima, por exemplo, como queremos que as outras pessoas sejam gentis conosco se não somos gentis com o mundo? Ou como é que queremos ser bem tratados se não é isso que temos dado ao longo de toda nossa vida? Sei que pode parecer muito banal isso que estou falando, mas coisas assim tão na cara às vezes são as que mais dificilmente percebemos.

Se somos coloridos, porque então não procuramos o que precisamos fazer no local onde perdemos, mesmo que não tenha luz por lá? Plantemos, pois apesar de não ser obrigatório o plantio é muito importante deixarmos as nossas sementes pelo mundo. Entretanto, como depois do plantio a colheita é obrigatória, procuremos plantar o melhor que pudermos para depois não estarmos reclamando do que temos que colher.

Que o plantio seja lógico e poético para que a colheita também seja lógica e poética. Nas palavras sábias de um escritor que gosto muito, Eugênio Mussak, "que não abandonem a lógica, mas abram espaço para a poética".

E respondendo porque acho que pensar como o pingüim do cartum é legal, é porque além de ser lógico (em um certo senso), poético (em outro senso) e engraçado (em qualquer senso), fazer isso me faz questionar se eu não tenho feito isso nas áreas mais importantes da minha vida...

Um beijo lógico, poético e engraçado em todos. Até no pingüim. :D

Comentários

Anônimo disse…
Oi Tatá...
Como sou meio loira, já ia dizer que não tinha entendido a história do pingüin....resolví ler de novo!!
Ainda bem!!

Beijinhos!!!!

Lucila
Robson Lima disse…
Hoje não tenho o que falar, pois você, meu amigo, já falou tudo poeticamente; logicamente!
hehehehehe
MSN: rlmlima@hotmail.com
Anônimo disse…
Olá Mack!
Você continua com sempre escrevendo muito bem, espero poder um dia ler um livro seu. Beijos
Aniña
Allena disse…
Oi amado...
Essa mensagem que li agora ficou muito parecida com o que conversamos no domingo.
Eu estou aqui agora na casa de painho.
Devo ir passar o final de semana no interior.
Mas tenho muita coisas para conversar com tú.
Te amo...
Mas deixa te dizer outra coisa...
Cartum não seria Cartoo???

Beijossss

Hanna Manda beijos também.
Anônimo disse…
Muito bom ler as coisas que escreves,
poetico, harmonioso, cheio de entre linhas.
te amo
beijos mil

Postagens mais visitadas