Até que ponto

Não é fácil me deixar completamente indignado, revoltado. Pelo menos eu acho. Mas algo que li hoje na Tribuna do Norte me deixou muito perto disso. Muito perto mesmo.

Se vocês não leram ou não ficaram sabendo do caso, leiam-no abaixo na íntegra. Coloquei também o link para a notícia no Diário de Natal.

Rapaz afirma que matou vendedora (Tribuna)
Homem confessa que torturou e enterrou mulher viva (Diário)

Não vou comentar sobre a matéria pois você podem vê-la nos links acima. Mas também não é só por esse motivo que não vou falar sobre o caso. Minha razão é muito simples: com o que fiquei mais indignado não foi com o fato de ele ter feito o que fez, mas com a reação da maioria das pessoas ao que ele cometeu. E olha que as pessoas que deixaram seus comentários nem podem ser acusadas de não terem instrução, pois deixaram seus comentários numa página de internet, à qual nem todos têm acesso e muitos dos que têm nem sabem como fazer para deixar comentários.

É triste ainda perceber o quanto nós achamos que violência contra quem praticou violência vai resolver o problema. Um dos comentários à notícia diz:

Não entendo porque, (sic) a polícia militar interviu na vontade do povo, esse camarada tinha mesmo que sofrer bastante, joga-lo (sic) na linha do trem era muito pouco para ele, teria de ser algo gritante e lento, muito lento mesmo para ele sentir muita dor, chorar bastante pedindo clemência, pedindo perdão.

Eu pergunto então, o que leva uma pessoa a dizer isso num comentário? Quer dizer que é bonito dizer que ela faria a mesma coisa, matar uma pessoa, e que ela seria escusável de tal ato apenas pelo fato de ele ter feito algo de errado antes? Ou será que essa pessoa seria escusável pois o crime teria sido cometido não friamente, mas no calor da ira...

Fiquei ainda mais triste ao ler esses outros dois:


Pois é, eu ainda tenho que escutar opiniões alegando que qualquer sujeito como esse ou pior, tem direito à vida, ou a uma reintegração social.

e
CADEIRA ELETRICA (sic) PARA ELE.

Quero reiterar aqui minha total repúdia ao ato que este cidadão cometeu contra a senhora. Mas quero também reiterar aqui minha total repúdia também a essas opiniões que nada de positvas têm e que também são atentados contra a vida. Respeito integralmente a opinão das pessoas que coloquei acima. Elas têm todo o direito de expressar suas opiniões, do mesmo modo que estou fazendo aqui.

E se aqui expresso minha opinão é apenas para dizer que sou a favor da vida sempre. Ele tirou a vida de alguém. Foi frio, calculista e merece ser julgado e condenado à prisão. Entretanto, nós não podemos ser iguais a ele queremos matá-lo e fazer com ele o mesmo que ele fez com outras pessoas.

Espero que consigamos pensar sempre no bem e em que atitudes de paz estamos realizando para evitar que mais e mais pessoas continuem achando que a solução para problemas como esse é "fazer justiça com as próprias mãos".

Termino com o primeiro de todos os comentários à matéria que representa toda a tristeza e revolta de quem tem filhos e sabe da sua responsabilidade de cidadã do mundo.
Dói saber a que ponto um "ser humano" consegue chegar...Que barbárie! Como pode alguém ter tanta frieza? É revoltante...Vamos educar bem nossos filhos,dar mais amor,ser-mos (sic) mais vigilantes,para ter-mos (sic) um mundo melhor,reduzindo o índice de criminalidade.

Que a paz esteja sempre com todos nós.

Comentários

Robson Lima disse…
Caríssimo, é realmente revoltante saber que monstros como esse convivem conosco. Assino embaixo tudo o que você escreveu. Se permitíssimos que a população indignada, revoltada, fizesse algo citado nos comentários que você transcreveu, seria algo igualmente deplorável. Repudio toda e qualquer forma de violência. Entretanto, falando sinceramente, não sei se eu conseguiria me conter se isso acontecesse ao meu filho, por exemplo, já que sou uma pessoa sangüínea e colérica. Por isso se faz necessário que o ser humano se volte para Deus, sempre, principalmente pessoas com perfil colérico e sangüíneo como eu. Como disse São João: "Deus é amor, e quem permanece no amor, permanece em Deus e Deus nele" (I Jo 4, 16). Mas, não fico admirado com as reações dos leitores da Tribuna do Norte. Certa vez uma atriz "global" interpretava uma vilã em uma determinada novela. Ao sair as ruas com uma repórter para saber a repercussão da sua persanagem, ficou indignada com a população, uma vez que a maioria dos entrevistados se identificavam com a personagem. Podemos ver, que nós, "esclarecidos", "educados", "sensatos" perdemos, a muito, a noção do certo e do errado. O grande matemático Pitágoras fez a seguinte citação: "Eduquemos nossas crianças para não precisarmos punir nossos adultos". Eu pergunto: somos nós, com sentimentos de vingança, que iremos educá-las?
Que o amor e a misericórdia de Deus permaneçam conosco. Amém!
Anônimo disse…
Meu querido! Normalmente não gosto de ler estes tipos de reportagens, não me sinto bem.Mostra que temos que ficar sempre alerta em nossos atos, palavras e pensamentos.
Deixo uma frase para refletimos melhor.
" Um ato mau pode deixar de ser repetido e até resgatado pelo arrependimento, enquanto que as más idéias acarretam todas as más ações." Tolstoi
Que Deus sempre nós ilumine.
Beijos...
Aniña
Bel disse…
Mack, acho que esse post daria um daqueles nossos quilométricos e-mails que o gmail iria fazer "n" abas. Não sei o que aconteceria se esse camarada fizesse o que fez com um filho meu, por exemplo. Acho que as palavras de Robson foram muito sábias e o que fica, na minha oipinião, para pensarmos com isso tudo é que pessoas são essas que convivemos com elas?Nós estamos nos auto-destruindo, meu Deus!!!Além disso, em que mundo viverão nossos filhos? Que criação nós damos a eles. Nós, esses seres animalescos que enterramos nosso semelhante ainda vivo.
Você veja o grau a que chegamos: Enterrar um semelhante seu vivo, Mack, vivo.
É claro que nada justificará a contra-violência, ou seja, a lei de Talião, mas é muito difícil aceitar uma situação dessas.
Um xêro grande
Bel disse…
atualiza, atualiza!!!
Anônimo disse…
so hj vi o que escreveste sobre o fato que tanto nos abalou.....uma das nossas amigas do CEBS eh sobrinha dela....realmente nos deixou bastante abalada o fato.
Deus nos ilumine sempre e sempre
mainha

Postagens mais visitadas deste blog

Chá de camomila é bom para dor de cabeça e algumas outras doenças

Michelangelo, arte e aprendizado

Duas Flores