Honestidade

Flor da HonestidadeNão costumo fazer isso em minhas pensações, mas não posso evitar de fazer hoje. Irei colocar um texto que recebi por e-mail sobre um tema que acho muito, muito importante.

Um torcedor levava seus dois garotos para o jogo, no Campo de Futebol.
Na bilheteria, perguntou o preço do ingresso.
- Acima de 12 anos a entrada é R$ 20,00; entre 7 e 12 anos o ingresso custa R$ 10,00; até 6 anos de idade a entrada é gratuita, informou o rapaz da bilheteria.
O rapaz perguntou a idade dos dois garotos.
- Um deles tem quatro e o outro tem sete anos, respondeu o pai.
- O senhor poderia dizer que o mais velho tem só 6 anos e eu não poderia duvidar, disse o bilheteiro.
O pai respondeu:
- Você talvez nunca saberia a diferença, mas os garotos, com certeza, sabem. E o mau exemplo ficaria gravado para sempre.

Algumas pessoas acham que honestidade é uma virtude. Na minha opinião honestidade antigamente até poderia ser considerada uma virtude. Hoje, entretanto, virou muito mais que isso; honestidade hoje, para mim, é no mínimo obrigação, mas na verdade é um dever.

Infelizmente, pelo exemplo do vendedor "fictício" de bilhetes acima, podemos ver que ser desonesto ainda faz parte da nossa cultura. Quando falo da nossa cultura, falo especialmente do nosso famoso "jeitinho brasileiro" que muitas outras pessoas também conhecem por Lei de Gérson, ou seja, a lei de levar vantagem em tudo.

Até quando iremos continuar usando de argumentos como o do vendedor de que ele não saberia se o pai estaria dizendo a verdade e por isso poderia contar uma "mentirinha"? Será que já não é hora de sermos o exemplo para os outros que nos observam?

Honestidade em ChinêsHistórias sobre honestidade existem várias. Adoraria poder colocar aqui uma outra história sobre isso para vermos a beleza que a honestidade nos proporciona. Entretanto, a história é um pouco mais longa e ficaria cansativa colocá-la diretamente no blog. Por isso decidi colocá-la no link abaixo para aqueles que quiserem conhecer. É uma história contada como real acontecida na China. Os que lerem não irão se arrepender, com certeza. E estou sendo bastante honesto!


Um beijo florido em todos.

Comentários

Anônimo disse…
Adoro essa história, muito mesmo. Ela é um exemplo de honestidade e de coragem.
Beijos cheios de saudades.
Déa
Kaik Limenzo disse…
Ah o jeitinho brasileiro, muitas veses resolve coisas importantes, naum somos desonestos as leis é q sap erradas!
Lucila disse…
Oi Tatá,
com honestidade...
mesmo vc não gostando de colocar textos recebidos, esse aí nos faz lembrar mais um pouquinho dos valores que devemos ter e as vezes podemos "deslizar" por acharmos ser atitude tão "simples".
Gostei mesmo.
beijos

Postagens mais visitadas