Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2006

Lógica

Imagem
"Penguins são em preto e branco.
Alguns shows de TV antigos são em preto e branco.
Logo, alguns pinguins são antigos shows de tv."


A lógica do pinguim é fantástica :D. Muitos poderão até reclamar e dizer que não tem lógica pensar assim, mas eu discordo. E vou explicar o porquê com uma pequena historieta que sempre que posso compartilho.

Conta-se que uma pessoa estava, à noite, abaixada perto de um poste aceso, procurando algo. Então chega uma outra pessoa e pergunta o que está acontecendo.
- Estou procurando minha carteira.
- Eu posso lhe ajudar? - perguntou a pessoa.
- Claro, ficaria muito agradecido.
E então continuaram a procurar. Mas nada de encontrar. Então a pessoa que estava ajudando pergunta:
- Você tem certeza que perdeu sua carteira aqui mesmo? Pois já estamos procurando há muito tempo e nada de acharmos.
O outro então lhe respondeu:
- Não, eu não perdi aqui. Perdi mais ali pra trás. Mas decidi vir procurar aqui pois aqui está mais claro.
Será que não é assim que temos usado d…

Mouse Óptico

Imagem
Recebi hoje uma dica super interessante e muito importante de uma amiga minha muito querida. Com a gente é assim mesmo. Passamos um tempão sem se comunicar, mas parece que quando a gente lembra dos amigos os amigos também lembram da gente. Isso se chama sincronicidade. Mas um outro dia falo sobre esse tema aqui.

Nem disse diretamente a ela ainda, mas me lembrei dela hoje mesmo e ia escrever para ela esse final de semana. Ainda irei escrever, mas quero ver se ela vai vir aqui antes de receber o meu e-mail. :D

Bom, deixando de lado as conversas que deveriam estar apenas na minha mente, vamos ao que eu realmente vim aqui para escrever.

Essa minha amiga me enviou uma matéria sobre um mouse óptico. Bom, Não necessariamente óptico, até porque esse nome já é utilizado para os mouses que tem a luzinha embaixo no lugar da bolinha. Esse é um "mouse ocular" feito para deficientes. E foi desenvolvido por um brasileiro.

Não vou dar muitos detalhes aqui até porque seria bom vocês lerem a maté…

Nunca mais

Imagem
Cinco anos atrás, neste dia 11 de setembro, o mundo deixou de ser o mesmo.

Praticamente todas as pessoas se lembram o que estavam fazendo e onde estavam nessa data cinco anos atrás. A reflexão que quero deixar aqui hoje é uma pergunta:

O que temos feito em nosso mundo, seja ele uma infinitesimal galáxia ou um "infinito particular", para que daqui a cinco anos, cinco meses, cinco dias ou cinco minutos esteja melhor do que agora?

Never
Nunca em inglês, escrito com os nomes de todas as pessoas que faleceram por causa do atentado em 2001. Foto retirada dessa matéria.

100 anos atrás, um outro ato, que muitos poucos de nós sabem, também mudou e muito a nossa compreensão do que é vencer uma guerra sem necessidade de sermos violentos.

Gandhi, o Mahatma, iniciou, também em 11 de setembro (de 1906) em Johanesburgo, capital da África do Sul, sua "batalha" pela não violência. Lá, como protesto por causa da discriminação contra os indianos e negros, ele insistiu que a resistência dev…

Carro

Imagem
Outro dia desses eu estava conversando com uma amiga sobre algo que eu tinha "inventado". Ela me desencorajou da minha "invenção" pois disse que se eu fosse abrir uma loja com esse produto eu iria a falência. :D

Não sei ainda se concordo com ela, mas eu acho que se ela vir esse post ela vai ver que talvez a Peugeot acabe indo à falência também se inventar de lançar um carro desses. :) [Apesar de que eu, se tivesse dinheiro suficiente, provavelmente compraria um pois achei muito massa. :D]

Esse carro foi o vencedor do concurso de Design da Peugeot. O designer foi um português de 23 anos, André Costa. Veja a página oficial (em inglês).Moovie, o nome do carro, é uma sacada legal com palavra movie, que é filme em inglês








O que você acharam do filme, oops, do carro? :)

Dançar

Nunca gostei de dançar. Sabem, não sei o porquê disso.

E também não sei o porquê de muitas outras coisas.

O mundo é assim, cheio de coisas que estão aí para serem sentidas, para serem descobertas.

Que graça teria se soubéssemos responder a todos os porquês?

===

Hoje ouvi uma música que, apesar de não saber o porquê, se me concentro ao ouvi-la, ela me faz chorar.

Agora, por exemplo, estou chorando. É por estar ouvindo a música. Mas também por outros motivos.

Mas, será que tenho mesmo motivos pra chorar? Não creio, mas choro mesmo assim. Lava. Esquenta.

Se não a alma, pelo menos os canais lacrimais. E quantas lágrimas. Quase evaporando, mas deixando o sabor salgado no rosto.

===

Como podemos ter saudade de algo que não vivemos ainda?

Como podemos nos emocionar com um filme de ficção, sabendo que ele não existe a não ser em nossas mentes?

Nossa mente é poderosa. Se choramos e rimos com algo em um filme, por que ainda teimamos em achar que não somos capazes de mudarmos as nossas próprias vidas com o …