Pedra Azul

Pedras preciosas são sempre bons presentes a serem dados e também recebidos. Como todos os presentes, devem ser dadas em moderação, pois podem causar viciação. Que o digam as mulheres e homens que adoram diamantes e esmeraldas, por exemplo.

Ao lado vemos uma Safira, que é a mesma coisa de um Rubi, com a diferença apenas da cor. Ambas as pedras oriundas do minério chamado Corindon, com a diferença que os Rubis são as pedras vermelhas, incluindo tons amarronzados e púrpuras e as Safiras abrangem o restante das cores.

Azul é a minha cor preferida, apesar de gostar bastante de muitas outras, como, por exemplo, o verde e o laranja que vocês vêem sempre aqui no Pensações.

Bom, apesar de ter começado o post falando sobre pedras preciosas e cores, hoje não vim falar nem de cores nem de pedras... Pelo menos não diretamente... :D

Este ano fui apresentado a um cantor de quem jamais tinha ouvido falar, apesar de hoje ter descoberto que uma das músicas que mais gostava do Jota Quest é feita a partir de um poema dele. Paulinho Pedra Azul é o nome dele.

Vindo de Minas Gerais, do município de Pedra Azul, no Nordeste das Minas, na região do Jequitinhonha (já viram palavra em português mais legal de pronunciar do que as que têm mais de um ditongo tipo nh ou lh? Por exemplo, tentem pronunciar Nhalhonhe, ou lhonhalhe :D), Paulinho Pedra Azul é uma daquelas preciosidades que, apesar de serem excepcionais, nunca fizeram, nem parece que farão tanto sucesso quanto o diamante, por exemplo.

Compositor excepcional, de músicas lindíssimas, infelizmente nunca chegou a alcançar o sucesso comercial de pessoas como Beto Guedes, ou o próprio Milton Nascimento, ambos de Minas Gerais. Autor de letras que dizem, por exemplo,
Cantar quase sempre nos faz recordar
Sem querer
Um beijo, um sorriso, ou uma outra ventura qualquer
Cantando aos acordes do meu violão
é que mando depressa ir-se embora saudade que mora no meu coração
ele nos toca o coração, faz-nos dizer a nós mesmos "poxa vida, como eu não pensei nisso antes, ou como eu não tive a idéia de escrever algo assim...".

Além de compositor, tendo lançado 18 discos, Paulinho Pedra Azul é também artista plástico e poeta. Da sua produção literária ele já conseguiu vender mais de 100.000 exemplares, somadas as vendas de seus 15 livros de poesia infantil (como o ao lado) e poesia adulta.

Falando em poesia, citei acima que descobri hoje que uma das músicas de Jota Quest que mais gosto tem a letra composta por ele. É a música Tele-Fome. Muita gente a acha brega (inclusive já li isso em sítios da internet), mas quando eu a ouço, lembro-me de meu irmão que mora nos EUA. Na época do lançamento da música eu morava ainda no Brasil e só podia me comunicar com ele pelo telefone, à distância. Assim, a música tomou para mim um sentido muito maior que a própria música. A letra, em determinado ponto, diz o seguinte:
Pra que tanto telefonema
Se o homem inventou o avião
Pra você chegar mais rápido
Ao meu coração

Deixo vocês com a letra da música mais conhecida de Paulinho e também, para os que queiram ouvir, um link para a baixarem (clique no link). Ela se chama "Jardim da Fantasia" e foi retirada de seu primeiro disco, de mesmo nome, lançado em 1982. Três curiosidades sobre essa música são:
  1. Ela ficou apelidada de "Bem-te-vi";
  2. Jackson Antunes a regravou e ela apareceu com ele na refilmagem da novela Escrava Isaura feita em 2005 pela Rede Record de televisão. (clique aqui para ouvir a música e ver os créditos finais do último capítulo da novela no youTube); e,
  3. Criou-se uma lenda a respeito da música de que Paulinho a teria composto para uma noiva que havia desencarnado (falecido). Essa história, entretanto, que já foi desmentida várias vezes por ele, ainda sobrevive até hoje.
Espero que gostem da música e da letra.

Jardim da Fantasia
Bem-te-vi, bem-te-vi
Andar por um jardim em flor
Chamando os bichos de amor
Tua boca pingava mel

Bem te quis, bem te quis
E ainda quero muito mais
Maior que a imensidão da paz
E bem maior que o sol

Onde estás?
Voei por este céu azul
Andei estradas do além
Onde estará meu bem?

Onde estás
Nas nuvens ou na insensatez?
Me beije só mais uma vez
Depois volte pra lá

Espero que, como as pedras preciosas, os beijos e a flores, caso vocês possam, dêem essa Pedra Azul e preciosa de presente um dia a alguém que gosta de boa música. Certamente a pessoa irá adorar.

Um beijo azulado, precioso e de beija-flor em todos.

Comentários

Anônimo disse…
azulzim seu texto, cor de céu, de mar... gostei dimais da conta!

Postagens mais visitadas deste blog

Chá de camomila é bom para dor de cabeça e algumas outras doenças

Michelangelo, arte e aprendizado

Há dias e há dias