Paradigma

Paradigma - substantivo masculino - um exemplo que serve como modelo; padrão.

Essa é a definição do dicionário Houaiss da Língua Portuguesa para a palavra paradigma. Acrescentaria apenas que é um exemplo que é seguido realmente e que muitas vezes é difiícil de ser quebrado. Muitas vezes se torna algo inquestionável e, por isso mesmo, muitas vezes perigoso num determinado sentido. Para explicar melhor o sentido da palavra, vamos a uma pequena historinha de autor desconhecido que já rola há algum tempo pela internet.

Um grupo de cientistas colocou cinco macacos numa jaula, em cujo centro puseram uma escada e, sobre ela, um cacho de bananas. Quando um macaco subia a escada para apanhar as bananas, os cientistas lançavam um jato de água fria nos que estavam no chão. Depois de certo tempo, quando um macaco ia subir a escada, os outros enchiam-no de pancada.
Passado mais algum tempo, mais nenhum macaco subia a escada, apesar da tentação das bananas. Então, os cientistas substituíram um dos cinco macacos. A primeira coisa que ele fez foi subir a escada, dela sendo rapidamente retirado pelos outros, que lhe bateram. Depois de algumas surras, o novo integrante do grupo não subia mais a escada. Um segundo foi substituído, e o mesmo ocorreu, tendo primeiro substituto participado, com entusiasmo, na surra ao novato. Um terceiro foi trocado, e repetiu-se o fato. Um quarto e, finalmente, o último dos veteranos foi substituído.
Os cientistas ficaram, então, com um grupo de cinco macacos que, mesmo nunca tendo tomado um banho frio, continuavam a bater naquele que tentasse chegar às bananas.
Se fosse possível perguntar a algum deles por que batiam em quem tentasse subir a escada, com certeza a resposta seria:

" Não sei, as coisas sempre foram assim por aqui... "

E aí, como temos vivido nossas vidas? Vivendo pelos antigos paradigmas e nem sequer nos questionado o porquê das coisas? Ou temos sido exageradamente questionadores e não temos sabido aproveitar para silenciar no momento correto?

Einstein nos afirmou: "É mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito"
Diógenes (pensador grego) nos disse: "Temos dois ouvidos e apenas uma língua, para podermos ouvir mais e falar menos"

Equilíbrio é a chave de tudo. Que esta semana seja uma balança para nossos atos e atitudes, para que nas semanas seguintes já possamos saber o quanto precisamos quebrar antigos paradigmas e manter outros ainda firmes e fortes.

Comentários

Anônimo disse…
Manckenziê, passei para ler seu bloguinho e deixar um beijinho! Afinal, eu e vc estamos um pouco "sumidos". Mais um beijo! ASS: Rosinha

Postagens mais visitadas deste blog

Chá de camomila é bom para dor de cabeça e algumas outras doenças

Michelangelo, arte e aprendizado

Há dias e há dias