Amizade


"Quem me conhece sabe o quanto eu sou chato. Sabem também que faço questão de ser chato. Chatice, segundo eu mesmo, poderia ser meu nome do meio (ainda bem que não é). :D

E o que tem a ver falar tanto de chatice num post sobre a amizade? Bom, é que por causa da minha descobri algo que vai parecer coisa de chato."

Era assim que iria começar esse post. Mas decidi mudar depois da fazer mais algumas pesquisas. Assim, como um bom chato, não apago o que já escrevi e corrijo o que ia escrever antes de na verdade tê-lo escrito (sei que está confuso, mas se lerem algumas vezes talvez entendam). O post começa realmente no próximo parágrafo.

Sempre duvido das coisas que aparentemente são colocadas como verdades universais e inquestionáveis. Num paradoxo pessoal, sempre acredito nas pessoas. Parte do pressuposto da lei que diz que "todos somos inocentes até que se prove o contrário". Assim, acreditando no que as pessoas me dizem, dou sempre o meu voto de confiança e demonstro também que o que falo pode ser levado a sério.

Essa, para mim, é uma das definições de amizade. Confiança na pessoa que está do seu lado. Sem confiança, o que seria da amizade? Naturalmente que se pode perder a confiança em alguém, mas se eu sou realmente amigo daquele em quem, por um deslize, perdi a confiança e deixo de ser seu amigo, vem-me um questionamento: "Será que eu era realmente amigo dele (ou dela)?"

É uma pergunta a ser refletida profundamente por cada um de nós e cada um terá sua própria resposta, com as tonalidades que cada personalidade permitir. Eu particularmente, apesar de já ter sofrido baques desse tipo, também já cometi meus terríveis deslizes. Assim, acredito piamente que, a não ser em casos muito extremos (onde talvez a integridade física esteja envolvida), a amizade deve ser preservada a qualquer custo, senão estaremos dizendo a nós mesmos que a outra pessoa nunca vai ser capaz de se redimir de um erro e estaremos dizendo a nós mesmos que nós somos perfeitos e nunca erramos (o que é ainda pior).

Mas, como falei no início, crenças em coisas que aparentemente são verdades universais, sempre me levantam a orelha. Falo de, por exemplo, histórias que ninguém sabe de onde surgiram, mas que se espalham rapidamente pela internet e que de repente parece que todo mundo já sabe e que é uma verdade inquestionável. Até que vem alguém e mostra que não passava de uma invenção. Já me defrontei com várias dessas histórias e, se quiserem saber mais sobre elas, visitem esse site, que recomendo a todos:

Quatro Cantos - Lendas e Folclore da Internet: As Pulhas Virtuais (Hoxes)

Hoje estou falando mais uma vez sobre isso por causa de uma data que cada vez é mais falada ano após ano. O Dia do Amigo. Creio que hoje muitas e muitas pessoas receberam várias mensagens falando sobre amizade, sobre como ela é importante e ressaltando que hoje (20 de julho) é o Dia Internacional do Amigo. Então, como sempre, por não ter informações precisas a respeito disso, duvidei da informação.

E é por isso que amo internet. Ela pode espalhar um monte de besteira por aí, mas se a gente sabe usá-la, ela se torna a nossa maior ferramenta.

Duvidando que hoje seria mesmo o Dia Internacional do Amigo, comecei minhas buscas. E no início das buscas, em inglês, encontrei muitas datas diferentes para o dia do Amigo. Entretanto havia uma coisa em comum entre elas: todas eram no início de Agosto. Um pouco mais de busca e encontrei que era porque esse dia do amigo era comemorado no primeiro domingo de Agosto.

Assim que descobri esse fato comecei a escrever esse post. Os dois parágrafos iniciais refletem essa minha descoberta. Foi então que me lembrei de duas coisas importantíssimas para mim.
  • "Nunca acredite em verdades universais" e essa data de agosto estava também parecendo uma verdade universal.
  • "Nunca pesquise coisas em apenas uma língua se você está procurando por algo mundial" pois normalmente isso vai refletir a cultura da pessoa que escreve e fala naquela língua
Então decidi buscar mais informações. Primeiro encontrei que a data de Agosto é o dia do amigo aqui nos Estados Unidos. A data foi criada em 1935. E encontrei também uma história que se repetiu em alguns sites por onde andei. Ela fez sentido pois dados mais concretos foram mostrados.

Na argentina, no dia em que o homem pisou na lua pela primeira vez, em 20 de julho de 1969, um homem que foi candidato ao Prêmio Nobel da Paz, Enrique Ernesto Febbraro, decidiu que iria fazer de tudo para que este dia fosse transformado no Dia Internacional do Amigo. Após alguns anos conseguiu que isso se estabelecesse na Argentina e, segundo algumas informações que ainda precisam de confirmação, esse dia foi aceito pela ONU em 1985.

Nós, os brasileiros, acatamos a data como verdadeira e, por isso, mesmo que a data ainda não seja Internacional, para nós é hoje sim, dia 20 de julho, o Dia do Amigo.

Comemoremos portanto, com os nossos amigos, essa data que celebra esse que muitas vezes é considerado a água no deserto de nosso sofrimento. Mas, e para mim ainda mais importante, aproveitemos o dia de hoje para começarmos a ser realmente amigos dos outros e não para esperarmos que os outros sejam nossos amigos.


Esta música chama-se L'amitié (A Amizade). Cantada por Herbert Pagani é uma homenagem à amizade.

Perdoem-me pelo post tão longo, se é que alguém chegou a ler até aqui, mas acho que amizade merece sempre nossa integral atenção.

Um beijo amigo em todos.

Mais informações
A pintura de Picasso entitula-se "L'amitié"
Día del amigo (espanhol)
Dia Internacional do Amigo (Português)

Comentários

Anônimo disse…
Débiteur par son amitié.
Spn affection conquête le coeur, atteint l'âme.
Pardon par mien françês.
baisers
grain de sable

Postagens mais visitadas deste blog

Chá de camomila é bom para dor de cabeça e algumas outras doenças

Michelangelo, arte e aprendizado

Duas Flores