7000

Volvo 7000

Números sempre foram, e creio que sempre serão uma fascinação pra mim.

Em si eles não são nada, mas se demoramos pensando muito neles percebemos que exatamente por essa caraterística, por não serem nada sozinhos, eles são muito importantes para a nossa vida. Diria que eles são essenciais.

O mais "engraçado" é que o exemplo dos números deveria ser seguido por nós, mas parece que nem se damos conta disso. "Como assim seguido por nós", você podem estar se perguntando.

Recebi um e-mail essa semana que tem um pensamento muito interessante e que talvez esclareça um pouco o que estou querendo dizer. É o seguinte:

"Não paute sua vida, nem sua carreira, pelo dinheiro.
...
Napoleão não invadiu a Europa por dinheiro, Hitler não matou seis milhões de
judeus por dinheiro, Michelangelo não passou 16 anos pintando a Capela
Sistina por dinheiro, e, geralmente, os que só pensam nele não o ganham.
Porque são incapazes de sonhar. E tudo que fica pronto na vida foi
construído antes, na alma."
Quando procuramos 'apenas' ser e em ser o melhor que podemos ser no que quer que queiramos ser, faremos a diferença. Números fazem a diferença exatamente por apenas serem.

Eles representam o que queiramos que eles representem. Aceitam o seu papel no mundo. Eles se tranformam, são racionais, irracionais, complexos, naturais, transcendentais, infinitos em suas particularidades e infinitos em sua existência. Mas eles não ficam se gabando disso, nem muito menos querem ser mais do que realmente são. Eles apenas são. Não são coisas, são números. Fazem a sua parte sempre que solicitados. Vão com todos, indistintamente, como o Sol que para todos nasce. Acompanham-nos desde o momento que nascemos ao que partimos e seguem, infinitamente conosco.

Qual o uso que temos feito dos números em nossa vida? Temos aumentado o número de amigos que realmente queremos bem, ou aumentado a quantidade de mal-quereres por onde estamos passando?

Sei uma coisa. A vocês que me visitam por aqui, quero agradecer imensamente pelas inúmeras passadinhas que têm dado pelo Pensações. Elas me encorajam a continuar viajando, pensando e agindo da melhor maneira que possível. E espero que o que tenho escrito também esteja levando vocês a algum lugar, não apenas como os meios de transporte nos levam, mas principalmente em uma viagem íntima de pensar e repensar nossos conceitos e em como temos feito para crescermos dia após dia.

Até hoje já foram mais de 7000 visitas e espero que o número continue a crescer sempre, indefinidamente, mas não apenas pelo número em si, mas pelo prazer de poder compartilhar com vocês essas minhas pensações. E continuem escrevendo de volta, comentando, concordando, discordando, sugerindo...

7000 obrigados a todos.


P.S.: as fotos do post são de meios de transporte em cuja referência existe o número 7000.

Comentários

Robson Lima disse…
Parabéns pelo número de visitas atingido. Certamente, todos nós que lemos suas pensações, viajamos por nosso íntimo e conseguimos crescer um pouco mais intelectualmente falando.
Estarei sempre aqui e você também, no meu coração! Um grande abraço!

Postagens mais visitadas deste blog

Chá de camomila é bom para dor de cabeça e algumas outras doenças

Michelangelo, arte e aprendizado

Há dias e há dias