Espacial

Como diz o velho e sábio ditado, vivendo e aprendendo.

Todos já perceberam que eu gosta bastante de olhar pra cima. Bom, pelo menos virtualmente, já que estou sempre colocando coisas do espaço por aqui. E, para ser chato, de acordo com o post de ontem, isso também depende do ponto de vista, já que no universo nada é em cima ou embaixo, eles apenas estão lá...

Bom, estive olhando hoje uma foto que me chamou a atenção pela grandeza tecnológica que nós já temos. É uma foto recente da Estação Espacial Internacional (ISS em inglês). Ela é grande e não pára de crescer. Mais painéis e mais pesquisas para serem desenvolvidas por lá. Vejam a foto abaixo.


Já conhecia a estação, mas realmente nunca tinha me dado conta que o Brasil tinha um parcela dela. Nosso país contribui na fabricação de uma parte da EEI (ISS). Essa parte, chamada de Sistema de Pallete Expresso que "consiste em uma plataforma que se conecta externamente à ISS para anexar pequenos experimentos."

É realmente uma parcela muito pequena, mas, em se considerando que apenas o Brasil dentre os países considerados em desenvolvimento, está entre eles, isso já é uma grande mostra de que estamos querendo também nos desenvolver técnica e cientificamente rumo a um mundo melhor.

Ainda temos muito que crescer, socialmente, politicamente, humanamente, mas sem parar nenhuma delas, podemos (e devemos) ao mesmo tempo crescer cientificamente, pois já que ainda não aprendemos a fazer o bem pelo bem, que façamos pelo menos o bem através do ganho monetário que grandes expedições e pesquisas como essa engendram.

Vejam nos links abaixo informações mais completas sobre a estação e sobre a participação brasileira na ISS (EEI).

Um beijo espacial em todos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chá de camomila é bom para dor de cabeça e algumas outras doenças

Michelangelo, arte e aprendizado

Há dias e há dias