Exupéry e o Amor


"A inteligência apenas vale a serviço do amor"
Antoine de Saint-Exupéry (1900 - 1944)


Durante seus anos de serviço à empresa aérea francesa Latécoére no final da década de 1920 e início dos anos 1930, Exupéry pousou diversas vezes no Rio Grande do Norte. Nessas suas paradas, teve o prazer visitar a capital do estado, Natal, onde encontrou inspiração para diversos momentos de sua obra mais famosa, "O Pequeno Príncipe". Em Natal ele provavelmente conheceu o Baobá da Rua São José, um dos raros exemplares dessa árvore no RN que, diz-se, é capaz de viver entre 3000 e 6000 anos (e que segundo Câmara Cascudo, em algumas tribos, era usada como túmulo para os guerreiros que ali podiam entrar em contato com a eternidade). Em Natal ele disse que o Pôr-do-Sol no rio Potengi era "o mais belo do mundo" e completou a frase com "C'est Merveilleuse" (É maravilhoso).
Dessas suas passagens pela nossa terra se inspirou no baobá que encontrou para colocá-lo como ameaça ao planeta do Pequeno Príncipe. Inspirou-se em nosso Pôr do sol para escrever "
Assim eu comecei a compreender, pouco a pouco, meu pequeno principezinho, a tua vidinha melancólica. Muito tempo não tivesse outra distração que a doçura do pôr do sol" também em O Pequeno Príncipe. E o elefante que a cobra engole, não terá sido baseado na forma do mapa do nosso estado? Até mesmo os vulcões do livro... Há em nossa região o extinto vulcão do Cabugi...


A maioria dessas informações foram escritas por Antonio Júnior em uma matéria publicada em 2002 sobre a passagem de Exupéry por Natal, para o Coojornal, uma Cooperativa Jornalística Digital. Clique aqui para ler o artigo na íntegra.

Comentários

Robson Lima disse…
Muito interessante as informações postadas aqui. Um beijo e um queijo a todos!

Postagens mais visitadas deste blog

Chá de camomila é bom para dor de cabeça e algumas outras doenças

Michelangelo, arte e aprendizado

Há dias e há dias