"Beati pauperes spiritu quoniam ipsorum est regnum caelorum"

Olá.

Certo dia, uma prima minha de pernambuco me fez a segunte pergunta: "Mackenzie, você sabe qual é a conjugação do verbo parir na primeira pessoa do presente do indicativo?" Eu disse a ela que não existia, pois parir era um verbo defectivo.
Explico.

Verbo defectivo é aquele que não tem conjugação em todas as pessoas. Por exemplo, o verbo falir é defectivo. Não se conjuga o verbo falir na primeira pessoa do indicativo. A gente pode usar o verbo falir assim: "A Galeteria do Chiquinho faliu", mas eu não posso utilizar o verbo falir com EU no presente do indicativo. Do mesmo modo, eu achava que não existia a conjugação do verbo parir na primeira pessoa do presente do indicativo. Alguém aí sabe qual é? Quem souber, me fale. Quem não souber me pergunte. Com apenas uma pergunta eu posto a resposta. Ou se alguém souber e quiser colocar a resposta nos comentários, fiquem à vontade.

Só para ficar mais claro, no verbo parir, complete a conjugação a seguir: EU ________, TU pares, ELA pare.

Bom, mas depois de me perguntar, minha prima me respondeu e me disse uma coisa que me lembro até hoje. Ela me falou que se as escolas ainda mantivessem o ensino do Latim nas escolas, o ensino do português seria bem mais fácil, pois muitas coisas que não conseguimos entender bem de onde vem, se soubéssemos latim, teríamos mais facilidade de aprender.

Isso me despertou a vontade de aprender latim. Mas nunca fui aprender. Na verdade nem sei se existe curso de latim como se existe curso de línguas. Sei entretanto que quando se estuda Letras na Universidade, paga-se um disciplina de latim. E tem uma amiga minha que está pagando. Pelo que eu entendi ela está gostando muito. Mas já está de férias. Ela adora e sabe muito francês. Eu também adoro, mas ela sabe muito mais francês que eu...

A frase que coloquei como título do post retirei do Fotolog dela. É uma frase em latim. Fiquei curioso para saber o que significava. Ela colocou a tradução logo embaixo. do mesmo modo que faço agora.
"Beati pauperes spiritu quoniam ipsorum est regnum caelorum"
"Bem aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus"

Como falei em posts anteriores, é vivendo e aprendendo. E quanto mais humilde somos, mais podemos aprender, pois como disse Sócrates (veja pintura com ele pregando)- não o Doutor Sócrates jogador de futebol, mas o pai da dialética, o filósofo - "Só sei que nada sei". Agindo assim a gente realmente vai herdar o reino dos céus, que não é apenas "lá", mas aqui também, onde devemos procurar ser cada vez melhores.

Ah, e não importa se é ser melhor em Latim, Português ou Francês, pois a linguagem do amor universal é única. "Faça aos outros o que quereria que os outros vos fizesse!".

É isso. (Roubei a expressão final do Professor Pasquale, que adoro. Tanto a expressão quanto o professor.) :)
+++++++++++++++++++++++++++
======
+++++++++++++++++++++++++++
Vim hoje (16 de fevereiro de 2010), mais de 5 anos depois, dar a resposta que prometi.

Segundo o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, o verbo Parir não é defectivo, ou seja, não falta a conjugação de nenhuma pessoa. Assim a conjugação do verbo Parir na primeira pessoa do presente do indicativo é EU PAIRO.

Eu, sendo homem, portanto não posso parir no sentido original do verbo, mas posso dizer, sem medo de errar que Eu Pairo Ideias!

Comentários

Anônimo disse…
Mack, fiquei curiosa para saber a conjugação do verbo parir na primeira pessoa do indicativo. Qual é?
Aguardo resposta.
Bjos
Bel
Anônimo disse…
http://www.priberam.pt/dlpo/Conjugar.aspx?pal=parir

Postagens mais visitadas deste blog

Chá de camomila é bom para dor de cabeça e algumas outras doenças

Michelangelo, arte e aprendizado

Há dias e há dias