Bogdan Marinescu e Adriana Iliescu

Bogdan Marinescu e Adriana Iliescu

Olá a todos.
Esta semana estávamos conversando, eu e Jussara, a respeito de nomes de pessoas. E no outro dia eu estava conversando com Robson e Gilmara, dois amigos do trabalho, sobre o mesmo assunto, mas com enfoques um pouco diferentes.
Com Jussara estávamos falando sobre nomes compostos. Nomes tipo, Maria Cândida, Juliana Gabrielle, Ana Carolina, etc. Ela sempre me diz que eu arranjo desculpa para tudo. E parece que é verdade. Eu tenho a terrível mania de procurar respostas para tudo. Aí, em muitos casos as respostas acabam mais parecendo desculpas que respostas mesmo. Entretanto, creio que como todos, quando temos convicção do que estamos falando parece que muitas vezes não estamos inventando desculpas, mas sim dando respostas plausíveis. Creio que consigo, assim, treinando com coisas menores, conseguir arranjar "desculpas" para deixar de me importar com pequenos deslizes dos que convivem comigo. É o que penso.
Mas voltando ao assunto dos nomes. Estávamos falando sobre nomes compostos e, não lembro agora qual era o nome, mas ela falou que os dois nomes não combinavam juntos. Eu disse que não achava nada demais. Que se a mãe tinha colocado era porque achava legal. Aí ela me contou uma história de uma mãe que ia colocar o nome na criança de (também não sei o nome exato) Natália Emmanuelle (exemplo) pois uma avó queria que fosse Natália e a outra queria que fosse Emmanuelle. Para satisfazer as duas avós, ela ia juntar os dois nomes, mas a mãe mesmo não estava satisfeita. Eu disse que não via nada demais nos nomes. Mas agora, pensando com mais calma, vejo que realmente não seria uma boa idéia. Mas tem quem goste. Na verdade tem quem goste até de mim... :) hehehe
Bom, mas o que disse a ela era que eu, particularmente, não gosto de dois nomes no nome de uma pessoa. A não ser que os dois nomes, apesar de serem duas palavras, sejam utilizados como um só, tipo João Gabriel ou Sílvio Santos. Mesmo assim, não creio que colocaria um nome composto num filho meu.
Na outra conversa com os amigos do escritório estávamos falando sobre nomes que as pessoas não sabem como escrever. Também pudera, como é que alguém vai ter a obrigação de saber escrever Mackenzie sem que eu soletre? :) Ficamos então conversando sobre isso um tempo e falamos que a gente, quase sempre, acaba soletrando alguma parte do nosso nome para que a dúvida seja esclarecida. Assim, sempre que digo meu nome pelo telefone ou mesmo pessoalmente, digo MACKENZIE e soletro em seguida. Ah, e ainda digo que o MELO é com um L só. :) Tantas variações que acabamos tendo que dizer como é o nosso, para evitar confusões. E, logo em seguida, falamos de pessoas que não gostam do próprio nome. Que preferem ser chamados pela apelido que pelo nome. Acho estranho, mas tem "maluco" pra tudo nesse mundo! :)
Os nomes que coloquei no início do post são nomes de pessoas. Para nós, podem parecer nomes altamente estranhos, com exceção, claro, de Adriana. Mas são nomes de pessoas. Pessoas reais. E não acredito que eles detestem seus nomes. Alguns dos romenos podem até não gostar dos seus nomes, mas certamente muitos de nós não colocaríamos em nossos filhos nomes que eles utilizam, nem eles utilizariam nomes que utilizamos. Assim, é por isso que digo que se alguém gosta do nome que colocou em seu filho, desde que não seja uma nome de ridicularização, não vejo nenhum problema. Posso até nem gostar particularmente, mas do ponto de vista do pai ou da mãe, o nome é lindo...

Mas o que tem a ver essa conversa toda sobre nomes? E quem são Bogdan Marinescu e Adriana Iliescu?
Quem vem acompanhando o blog deve ter lido a reportagem sobre a senhora que estava grávida de gêmeos ao 66 anos. Ela é Adriana Iliescu. Se vocês lerem a reportagem no link no começo vão ver a notícia inteira. Num pequeno resumo, adianto que sua filha já nasceu. Infelizmente só uma chegou a ver a luz do sol. A outra não conseguiu sobreviver, pois seu coração parou de bater ainda dentro do ventre da mãe que teve que fazer uma cesariana. A que nasceu passa bem e a foto no início da reportagem é dela. Bogdan Marinescu é o chefe da maternidade onde ela deu à luz.

Celebremos a vida, sempre. Mesmo que muitas coisas não consigamos achar bonito. Tenha certeza, tem sempre alguém para nos achar bonito naqueles dias em que nem nós mesmo nos achamos bonitos... Ou então quando chegamos no trabalho atrasado e nosso chefe nos diz: "Muito bonito, né!?" :)
Grande abraço...
Depois de terminar de escrever, vi uma outra notícia sobre nomes. Na romênia, um casal que se conheceu pela internet colocou o nome de seu filho de Lucien Yahoo, em homenagem ao Portal mais conhecido da net. Que tal? (Leia matéria - em inglês)

Comentários

Anônimo disse…
Oi Mackenzie!!Muito legal esse post sobre nomes. Eu mesma, quando era pequena, não gostava do meu nome.....Sempre achei nome composto meio besta. Hoje, já gosto e passei a usá-lo por inteiro.
Um grande bjo
Bel

Postagens mais visitadas